terça-feira, julho 08, 2008

Diz que vou depor...

Ora não é o meu espanto quando chego à escola hoje e uma representante do conselho Executivo vem falar comigo pois recebeu um fax do tribunal a pedir os meus dados. Obviamente fiquei intrigado e rapidamente percebi o porquê.
Uns dos miudos que acompanho tem estado com um processo em tribunal porque andou envolvido numa luta que terminou com a destruição de um café. Ora a luta era com um judoca meu e começou numa das minhas aulas. Assim que terminei a aula o puto tinha a familia toda com ele à espera do meu judoca. Eu armado em heroi enfrentei os mais de 30 putos que ali estavam para lhe bater. Tudo ate corria bem ate o meu judoca se virar para tras e responder a uma provocaçao dando motivos para eles atacarem. Ele começou a fugir e escondeu-se no tal café que ficou destruido, eu ainda consegui aguentar uns 10, inclusive o puto que provocou isto tudo e que agora me obriga a ir a tribunal.
Obviamente que vou e vou defender este puto, pois ele provou que nos 8 meses que se seguiram que consegue ser um bom rapaz e que consegue ser um miudo bem comportado. É uma historia passada e ja estão todos amigos e não foi ele que partiu o cafe.
Em quatro anos de projecto, até admira so agora ter sido chamado pela primeira vez.

14 comentários:

Anónimo disse...

Confesso que quando abri o envelope tambem fiquei intrigada....lol não é normal pedir informações de "stôres", agora de miudos, é ás duzias....
Suponho que o "puto" em questão seja aquele de quem falavamos ontem...acho que sim, que merece, mais uns meses connosco e temos um verdadeiro gentleman...
M.J.

Mr. MyShadow disse...

Espero bem que consigam transformá-lo num ser social, mas não se esqueçam... alguém tem de pagar os estragos do café que esses sim, não tiveram culpa nenhuma!

Vasquinho disse...

Mr. MyShadow não sei quem és mas és a primeira pessoa que diz algo acertado no meio disto tudo.. sinceramente penso que o que realemente importa aqui é a reposição dos bens do dono do café que esse sim viu um prejuizo crescer à sua frente sem ter culpa nenhuma de nada. a incersão social é uma coisa muito bonita mas não nos esqueçamos que o café irracionalmente destruido era o ganha pão duma familia.

superM. disse...

"o que mais importa é a reposição de bens"?!!!??? não sei quem és mas disseste a coisa mais disparatada que aqui se podia dizer...

Vasquinho disse...

também não sei quem és mas se achas disparatado que o proprietário do café fique com um prejuizo do qual não teve culpa nenhuma... eu sim, digo-te que tu estás a dizer um grande disparate. acho injusto alguém sofrer danos na sua fonte de rendimento só porque alguém se lembra de se esconder lá dentro e depois os outros partem tudo...
enfim, é apenas a minha opinião.

ZEP disse...

sim.. não é por ter tido 8 meses de comportamento maravilhoso que se vão esquecer que levou para ali a familia e os amigos do bairro e eles partiram o café todo. alguém terá de pagar por isso. imagino que alguns deles serão identificados como autores dos estragos.

a acção é contra quem? contra o miudo especificamente? se sim só se irá determinar se é inocente ou culpado nessa história.

se for inocente é porque ficará provado que não foi ele o autor ou o que mandou fazer. se for provado que é culpado pensará melhor da próxima vez que levar os amigos do bairro para baterem em alguém.

é bonito dizeres que o vais defender. mas terás de dizer a verdade. e a verdade, pelos vistos, é que ele é que meteu ali os elementos que deram cabo do café.

AcidoAce disse...

Bem obviamente que concordo que o sr do cafe tem direito a que lhe paguem o que estragaram.
Acho que o miudo em questão tem muita culpa tal como todos os outros miudos envolvidos, por isso todos deveriam pagar. Mas não sou eu que vou dizer isso ao juiz, a única coisa q vou dizer é que o miudo que quis agredir o meu judoca, estava comigo na altura em que estragaram o café. O juiz que decida depois o que fazer.
Eu, sendo um mediador social e tendo que acompanhar estes miudos no dia a dia vou fazendo o meu papel de os chamar à razão e de os responsabilizar pelos seus actos.
Nunca na vida poderia acusar um miudo meu pois perderia a confiança de todos os miudos do bairro. Posso sempre é não me meter. Neste caso meto-me porque não vou acusar ninguém, vou simplesmente relataro o que aconteceu.

MMQ disse...

eu acho que acima de tudo não podemos esquecer que é um miudo... por isso a pena tem que ser pensada levando isso em consideração...

tambem nao acredito que o miudo tenha destruido o cafe sozinho...

MMQ disse...

eu acho que acima de tudo não podemos esquecer que é um miudo... por isso a pena tem que ser pensada levando isso em consideração...

tambem nao acredito que o miudo tenha destruido o cafe sozinho...

superM. disse...

continuo a achar um disparate pensar que o mais importante nesta história tão complexa seja o reembolso (que claro existirá) ao dono do café...nunca disse que o sr. deveria ficar prejudicado quando é inocente no meio de isto tudo! Acho é um perfeito absurdo remeter os problemas sociais para segundo plano...é que fico mesmo estupefacta quando se pensa deste modo...é triste, muito!

Mr. MyShadow disse...

Tal como disse anteriormente "espero que consigam transformá-lo num ser social" com tudo o que estiver ao vosso alcance para permitir um crescimento livre da má influência que PROVAVELMENTE poderá existir na zona onde o rapaz habita.
Mas se é o miúdo que terá de ser sancionado devido aos estragos, DEVERÁ ser sancionado dentro das medidas legais e sociais permitidas e eticamente aceitaveis para uma criança desta idade.
Não é estragar-lhe a vida, é ensinar-lhe uma lição de vida.

Vasquinho disse...

A história tem pouco de complexa, a história é bem simples pelo menos segundo o meu ponto de vista. Arraiais de pancadaria acontecem todos dias em bairros socialmente problemáticos, muito provavelmente o miudo até já se esqueceu de todo o sucedido. Agora uma coisa te garanto superm. o dono do café não se esqueceu do enorme prejuizo que teve. portanto acho triste sim, mas é o facto de não te pores na pele do pobre coitado do proprietário do café que viu a sua fonte de rendimento ser vandalizada sem que ele para tal contribuisse. Acho triste quando o nosso horizonte não alcança mais que o nosso umbigo...

superM. disse...

ahahahhahah
ahahhahahha

não pode ser verdade....

indigente andrajoso disse...

bem... o que para aqui vai...

para alguma razão existem seguros... para alguma razão existe justiça tribunais e afins...

já agora, e que tal os putos processarem quem "socialmente" os meteu num "bairro social" para serem esquecidos?

já agora, relativizando um bocado as coisas... se eu, fosse na rua, e de repente 10 marmanjos viessem a correr atrás de mim para me fazer maldades, e eu impotente perante a situação me refugia-se no primeiro buraco que encontrava, e sabe-se lá, se fosse um café, e os mauzões entrassem também e começassem a partir coisas, é claro que o culpado seria eu certo?


é claro que há prejuízos, é claro que não devem ser nada outro mundo, é claro que o café não deve ter ficado "completamente" destruído ao ponto de não haver recuperação... é claro que se existe um tribunal é para apurar responsabilidades... é claro que o pobre senhor vai ser dos poucos que não vai sair mal desta história...

enfim...

por isso viny, fazes muito bem, depõe e nos depoimentos não se trata de defender A ou B mas sim dizer a verdade...