terça-feira, setembro 26, 2006

O choque

E assim foi mais um dia de trabalho. Peguei no meu carro, na Damaia, para regressar a casa. Percurso que faço ha 2 anos em 15m. Pelo caminho encontrei o meu amigo Michael e o seu novo carro. Apitei e segui viagem, nao podia parar ali o carro para falar, e ele também estava bem concentrado na condução.
Eis que ia eu a entrar na Av. de Ceuta, olhei para a direita e vi um Fiat Uno, olhei para a esquerda e nao vinha ninguém... A estrada estava vazia, pensei eu que o Fiat ja devia ter arrancado, e acelerei, e pimba, lá bati. Esqueci-me que estava lá o simpatico Fiat. Dei-me logo como culpado. A primeira vez que bato, em 6 anos de carta. Não sabia como se processava as coisas... Mas a simpatica condutora era bem experiente em acidentes, e ajudou a preencher as coisas. Foi mesmo um trato amigavel.
O carro da senhora ficou sem uma luz, e o meu foi só chapa.
Eu que me orgulhava de nunca ter batido, agora já posso dizer no meu curriculo que tenho experiência em acidentes.

3 comentários:

MMQ disse...

nao percebo muito bem os mapas... voces chamam aquilo campolide???

Michael disse...

Bem, adorei o trabalhao k tiveste para construir o slide. Getting better!

Michael disse...

Ah, e claro, adoro o facto de o meu nome estar a aparecer em tantos blogues loooooooooooooooooooooooooooooooooooool