segunda-feira, setembro 25, 2006

Deus

Durante a minha vida tentei compreender Deus, e dependendo do local em que me encontrava, das pessoas com quem convivia, fui atribuindo a Deus diferentes nomes, personalidades, formas de ser.

Variadíssimas religiões, cultos e doutrinas existiram ao longo da história aclamando possuir a verdade acerca de Deus.

Deus encontra-se em tudo o que existe, e assim como a noite se põe e o dia se levanta para tudo e para todos, independentemente da sua classe social, económica, cultural, educacional, também Deus se encontra presente em todos os corações, sem excepção.

“Deus é amor!” diz a bíblia… É nisto que acredito, num Deus que não é mais o amor existente no mundo. No amor que existe entre duas pessoas, no amor que se sente por algo, na beleza do mundo, na felicidade que existe em cada canto e também no amor e no orgulho que eu tenho de mim próprio.

Se realmente Deus existe, eu acredito que sim, então deixemos que nos transforme. Deixemos que este amor nos ajude a ser feliz.

4 comentários:

MMQ disse...

onde estava deus quando bateste hoje com o carro?

Vinagre disse...

Estava na boa disposiçao que mantive no resto do dia. Bati bati, não havia mais nada a fazer... Tou vivo é o q interessa e de bem com a vida

Andorinha disse...

Eu acredito em Deus.
À minha maneira, sem regras nem imposições.
Acredito principalmente que algo tem que estar por detrás de tudo o que nos acontece, que nunca é ocasional.
Acredito também, que por cada coisa má (como bater com o carro), há uma coisa boa. Hj o meu dia começou péssimo, e acabou bem. Mas se pensar bem, foi sempre assim...em equilíbrio. E equilíbrio é paz, e paz é definitivamente amor.

Michael disse...

É assim mesmo acético, optimismo e dar graças diariamente a uma Entidade divina a.k.a. Deus, por sermos o que somos, por vivermos como vivemos, e por ainda estarmos vivos! Quando te telefonei estava seriamente com um peso enorme em cima de mim mas ainda bem que está tudo bem. Abraço