segunda-feira, janeiro 08, 2007

Hoje estou deprê... também tenho destas coisas

Ainda me lembro de ser criança e de não ter problemas de dizer o que pensava o que sentia, o que vivia... Mas à medida que crescemos a sociedade exige que nos calemos que não digamos tudo o que nos vem à cabeça. Há que pensar duas vezes antes de abrir a boca.
Eu aos poucos fui me fechando em copas e tudo o que penso, sinto e vivo fica guardado dentro de mim, custa sair cá para fora, custa mostrar a fragilidade que tenho, custa sentir-me pequenino perante o mundo, a sociedade, os amigos e até perante a minha pessoa.
Fecho-me numa redoma onde só sai aquilo que quero, onde só sai aquilo que não me vai magoar, inferiorizar, criando muitas vezes dúvidas sobre certas coisas, que nem sequer se devia por em causa.
Ao ser assim sinto que perco oportunidades de ouro, sinto-me preso a algo que anseia sair ca para fora e não sai, sinto que não vivo a vida a 100%. Temos sempre a safa do alcool que nos faz perder a vergonha e o orgulho e revelamos sentimentos que às vezes nem sabemos que os temos. É uma pena que às vezes tenha que ser só com os copos e não na altura e na hora certa.
Enfim, "vivendo, aprendendo", temos que ir crescendo e a cada dia que passa viver o melhor que a vida nos oferece, apreciando e valorizando tudo o que temos, sabendo estimar as coisas, para não perder o que nos é importante.
Hoje estou deprê... Arrependido por ter feito certas coisas e arrepndido por não ter feito outras. E com uma lágrima no canto de um olho por não escolher os melhores momentos para fazer as coisas e com o brilho no outro olho com a certeza de que amanha o sol nasce outra vez, mostrando como cada dia é especial, e como cada dia é para ser vivido ao máximo, vou-me deitar e entrar na terra dos sonhos.
"Não sei para onde vou, só sei que não vou por ai", vou para aquele caminho onde o raio de sol brilha mais, tentando não jogar na defensiva e arriscando cada vez mais.

6 comentários:

expatriada disse...

Beijo grande.....

sempre q te sentires na escuridao da noite sorri... porque o sol nascera com toda a certeza no dia seguinte!!!

Ha dias assim...

ZEP disse...

:-)

Michael disse...

;-( quase que fiquei eu com a lágrima no canto do olho. Sê tu mesmo... hás-de brilhar por isso!

MMQ disse...

estas de parabens por seres verdadeiro!
e ja sabes que ao meu lado, memso que eu te dê na cabeça, podes ser sempre tu!

Quem? disse...

O álcool não deve ser safa de nada...Se tiveres bem contigo próprio não tens motivos nenhuns para te envergonhares! Sê feliz e não ligues ao que os outros pensam ou dizem, sê acima de tudo muito sincero e vais ver que mais cedo ou mais tarde colhes os frutos da amizade e do amor!
;)

Bjs

Anónimo disse...

Escreves bem, sabias? Devias investir na escrita. Quando começei a ler os teus textos fiquei preso, não consegui parar de ler e isso é um dom investe nele. Quanto ao conteúdo...também tenho dias assim...mas de certeza que vais conseguir ser tú mesmo sem os copos.
Um grande abraço.